quarta-feira, 16 de junho de 2010

dια 10 ▫ Leite com Bolacha no Mercado

Em casa passando fome, fedendo e cheio de trabalho pra fazer no computador.

Resolvi iniciar as obras, e primeiro fui fazer os serviços, mas não deu cinco minutos e eu já estava passando mal com meu próprio cheiro, então mudei e parti pro banho.

 Após ter me lavado, me arrumei e peguei dez reais de baixo do colchão e fui ao mercado. Fui andando pelo primeiro corredor e lembrei que estava com uma súbita vontade de comer bolacha ou qualquer coisa de chocolate, então parei e voltei andando pra trás de ré, e fiquei olhando a prateleira, vazia, que só tinha aquelas bolachas ruins de cinqüenta centavos. Eu não sou boyzinho nem nada, mas eram as piores das piores MESMO. Não tinha uma Bono, nem Trakinas, Tostines... nem aquelas mais ralézinhas, porém boas, da Parati e Plugados.
 Fiquei emputecido e fui seguindo, no mesmo corredor, e parei pra olhar o leite, pois ‘estava com uma vontade súbita’ de tomar um copo de achocolatado. Só tinham umas três marcas lá: Leco, Parmalat, e outra que eu nunca vi nada vida. Na hora pensei na minha mãe, que me ensinou a ser mão-de-vaca, e sempre me mandava ir ao mercado comprar o leite mais barato. Vendo que o mais barato era o menos confiável, lembrei do meu pai, que sempre dizia: “Não importa! A diferença é de alguns centavos mesmo. Melhor comprar o melhor”. E meio que fazia sentido, pois os preços eram de R$2,20 pra cima e, 10 centavos a mais poderia não fazer muita diferença no meu bolso, mas sim na minha saúde – ahhaaa, curtiu essa, hein?!.
Peguei então o da Parmalat, por R$ 2,30; 1 centavo mais caro que o Leco. Toda vez que vou comprar qualquer coisa da Parmalat, sinto um certo receio, pois teve uma época, na minha pré-adolescência, que corriam boatos que ela havia falido. Mas falida ou não, continua cara pra cacete; com exceção do biscoito recheado, que custa em média de noventa e nove centavos.
 Segui adiante novamente e fui comprar pão. Toda vez que vou nesse mercado fico indignado com duas coisas: o preço do pão, a cor da mortadela, e os ovos de Páscoa que eles vendem 10 meses após a validade com o mesmo preço. É sempre igual! O pão antigamente, no meu bairro, custava 10 centavos, no máximo 15; agora, se você for fazer as contas, deve ser de 30 à 50, NO MÍNIMO. E engraçado que antes era menor que meu pento, agora, eles até exageram no tamanho e no peso; a migalha chega até ser mais grossa; e eu nunca gostei de migalha dura (por favor, parem de pensar besteiras), porque essa bosta entra no meio dos dentes e sempre arranca um pedaço da gengiva – ta, agora eu exagerei. A mortadela anêmica que vende lá eu nem preciso falar nada, pois já fiz um post inteiro dedicado à isso:]
http://raulizar.blogspot.com/2009/12/07.html
 Com o leite, o pão, e a mortadela, fui dar uma olhada na sessão de lacticínios [?', e fiquei babando pelo 'mousse de chocolate' – sei lá o nome dessa porra! Só sei que todo mundo chama de Danone, apesar de Danone ser uma marca –; e toda vez que eu vejo esse bang, me lembro do dia que fui tirar sangue pela primeira vez – primeira vez que eu tenha me lembre –, e minha vó deu um pra mim, que fui embora todo feliz sentado no banco da frente do carro, lambendo o lacre metálico todo melado de chocolate :9. No final das contas acabei sentindo um aperto no peito quando vi o preço daquele treco: R$2,00. Ou eu levava aquilo ou levava o leite. Cheguei a conclusão que o leite compensava mais; pelo menos uns 5 copos de achocolatado [?². O bom é que até passou a minha 'vontade súbita' de comer aquele negócio.
 Dei a sorte de achar um caixa vazio, e sem a atendente que eu mais odeio: uma velha desgraçada que demora uns 40 minutos pra atender, e ainda tem a cara-de-pau de ficar conversando com as outras caixas; e eu tinha esperança dessa mulher ser demitida...

 Cheguei em casa e preparei um copo de Nescau com um sanduíche de mortadela de gosto duvidoso, e agora vou assistir uma série de TV que me emprestaram que aposto que já virou modinha: The Vampires Diaries. Que seja! Tchau \o_

Marcadores: Post inútil; Lixo; Pra quê postei? ¬¬'; ou melhor: Pra quê escrevi? :B