quinta-feira, 29 de julho de 2010

dια 29 ▫ Garota(s), eu não a(s) amarei!

“O amor é uma flor roxa que nasce nos corações dos trouxas”.

As pessoas vivem em um mundo de fantasia criado por suas mentes em que elas acham que
o QUERER é PODER, ou que o que elas querem irá ACONTECER.
NÃO! NUNCA VAI ROLAR! DESISTA!
-
A vida não se baseia em sentimentos.
Eu sou um ser humano, e não seu príncipe-encantando.
Gosto do superficial. Ou seja: eu não ligo para a tal da 'beleza interior'.
Existe alguma forma de botar na sua cabeça, educadamente, sem ferir os teus sentimentos, que
V-O-C-Ê N-Ã-O F-A-Z O M-E-U T-I-P-O ? Cai fora!

Agressivo? Desculpe, eu AGORA sou assim.
Não me importo mais com o meu coração, quanto mais o de outra pessoa.
Ainda acho que “melhor ser um estúpido cafajeste, do que um patético romântico”.

As pessoas me criticam junto com uma porção de xingamentos,
pois eu não me importo com aquelas que DIZEM, ou ACHAM que me amam.
-
Vocês não fazem idéia do que é o amor!
Eu NUNCA dei um motivo concreto para me amar, então não venha me dizer "eu te amo".
VOCÊ NÃO ME AMA, e daqui a um mês você vai perceber isso, pois amor de verdade não acaba.
E infelizmente eu digo isso por experiência. É, experiência.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

dια 26 ▫ Família Pinto

ATENÇÃO: Garotas e mulheres, travestis e veados ou afeminados no sentido geral, e os demais menores de 18 anos de idade, por favor, retirem-se do ambiente.

Um dia desses ae... eu vi uma imagem... que 'um amigo meu' fez... zoando uma família no The Sims, com um sobrenome um tanto diferente, e uma biografia totalmente esculhambada.

Peço para aqueles mais puritanos que não prossigam a leitura, pois a imagem a seguir pode causar revolta e-- AH, que se foda! MÁ OE! RARAE, RIRI!
Eu vos lhe apresento, a Família Pinto:



SAUHUHSAUHASUHSAUHSAUHASUHASUHASHUASHUASUHASUHASUHAS xD :/

terça-feira, 27 de julho de 2010

quinta-feira, 22 de julho de 2010

dια 22 ▫ Desafio WebDings

Um dia desses ae eu vi no Scrap MTV um site em que o cara cria enigmas usando fontes do tipo WebDings para desafiar os internautas a descobrirem qual o filme que as 'letras' representavam, e achei bem interessante e resolvi fazer um também, com um filme que eu gosto bastante:



O desafio está lançado, e obviamente, bem fácil também.
Agora quero ver quem acerta primeiro!



VENCEDOR: Natália
A caveira representa a maldição, e o timão o Pérola.
(25/07/2010 21h50m)

terça-feira, 20 de julho de 2010

dια 20 ▫ Nathalie Fay

Much more than 'The Hangover Girl'.

 Dia 10 de junho de 2010, estava eu na Tricolor Foto e Vídeo sentado olhando para o computador, sem absolutamente nada para fazer, quando encontrei em uma gaveta de uma das mesas um filme: The Hangover (Se Beber, Não Case). Como todo mundo fala bem deste filme, decidi então colocá-lo no leitor de DVD do mesmo computador em que estava para assistir.
 Tudo estava lindo e maravilhoso (exceto eu), até o momento em que surgiu a melhor cena do filme: o checking in no Caesars Palace:



Nathalie Fay; a atendente Lisa; a mulher mais linda dessa pequena bola de água e terra com os dias contados que vocês meros seres humanos chamam de "Planeta".

Quando eu bati os olhos nela, meu coração pulsou tão fortemente quanto da última vez que havia pulsado tão forte antes. Sem dúvidas foi amor à primeira vista.
Ela me fisgou com todo esse seu charme e simpatia, com esse jeito meigo e que, eu posso apostar, não fazia parte do personagem.
-
Cada vez que eu tento falar algo, buscar belas palavras e montar frases bonitas, me distraio na profundeza de seu olhar divino – nesta foto aí de cima.
-
Nathalie, você com certeza não deve estar lendo isso, mas eu acho que eu te amo.
Sei que "amor" é algo muito forte para se dizer diante de uma coisa repentina,
mas ao mesmo tempo foi algo tão simples que causou uma grande mudança dentro de mim.


Por que o mundo é injusto?
Fui me apaixonar por uma gringa que fez um filme, mas nem é famosa.
Brasileiro é foda! Amor platônico por uma figurante é o extremo da tensite.

Já joguei no Google, mas não encontrei algo que me levasse até ela.
Nem Twitter, nem MySpace, nem WikiPédia, FaceBook... nada!
Mas eu sou brasileiro, e não desisto nunca! – infelizmente... "eu sou brasileiro" =/



© Cenas "The Hangover": 2009 Warner Bros. Entertainment Inc.
Montagem Nathalie Fay: Raul Izar. Imagens encontradas em sites de pesquisa.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

dια 10 ▫ Apenas um beijo, Ficantes e Namoradas

 Ontem eu estava em uma festa de aniversário de uma colega minha, não muito animado, pois não costumo ser um cara extrovertido quando estou 101% sóbrio, porém, estava feliz.
 Fiquei lá fora com uma amiga minha, amigona mesmo, e tava meio que frio, e nós dois ficamos abraçados encostados em um carro, o que para outras pessoas imbecis e idiotas poderia parecer um romance, dois namorados ou um 'casal temporário', até que veio uma amiga de uma garota com quem tinha beijado umas duas vezes e pediu pra conversar comigo:
— Você não tava ficando com a [nome da amiga dela]?
— "Não"? — respondi
— Certeza? — perguntou, só que dessa vez não em tom de sarcasmo, e sim de raiva
— "Ficando" não, e eu também não to ficando com a [nome da garota comigo], a gente é amigo--
e já estava respondendo como se devesse satisfações para essa babaca, até que a minha amiga foi abrir a boca pra falar, e antes que saísse algum som, a garota estúpida a interrompeu: “Eu to falando com ele. Então você não ta ficando com ela? Vagabundo é assim mesmo” e saiu andando enquanto dizia indiretamente as palavras sublinhadas.
 Eu fiquei com uma cara de raiva, e talvez por essa garota que eu "fiquei" duas vezes ter um papel importante na festa, eu já estava com vontade de ir embora com um sentimento de culpa, até que me esbarrei com ela e percebi que ela não tava dando a mínima ou não – ou talvez não tenha percebido – se eu estava beijando outra.

 Primeiro: eu não entendo essa mina que veio me agredir, porque antes mesmo disso ela – e outro perdedor da minha antiga escola – falou pro mundo inteiro que não gosta de mim e que não vai com a minha cara ‘porque eu sou metido’, outra coisa que também não da pra entender; e segundo: pra que ela foi tomar as dores – que nem mesmo existiam – da amiga dela? Segundo uma garota que conheci nesta mesma festa, ela deve ser apaixonada por mim ('haha), o que na minha opinião não convém e nem faz sentido, o que é realmente uma pena, pois tirando a sua imaturidade, ela é daquele tipo gata, muito bonita, linda mesmo, mas enfim...
 Acho que devo a minha continuidade na festa à minha amiga Aléxia e sua amiga Priscila, que me consolaram me animando e conversando comigo pelo resto da noite, após a minha amiga com quem estava abraçado ter ido embora, e também pela aniversariante, o que teria sido uma mancada ter ido embora no começo da festa e antes dos parabéns – ou não.

Eu realmente não compreendo a cabeça das garotas! Ou melhor, compreender eu compreendo, o triste é não saber o que leva elas a pensarem de maneira tão ridícula. Eu passei a minha infância inteira acreditando naquela baboseira de que “as meninas amadurecem antes que os meninos”, mentalmente falando, e tive que chegar na adolescência no meu ápice de psicologia reprimida pra poder ver CLARAMENTE que isso é mito. Tudo bem neste caso, pois tenho 17 anos, e a desprezível lá de cima 15 ou 14, mas não convém, pois até mesmo garotas mais velhas do que eu tem uma maneira de pensar tão infantil!... Não quero ficar fazendo um post sobre os pontos em que as mulheres ACHAM que estão por cima dos homens, pois ganharia MUITAS linhas aqui, e ainda ficaria com fama de machista, o que não sou, mas enfim, tudo que preciso dizer já está estampado nos filmes e novelas que vocês assistem.
POR QUE elas tem essa coisa de achar que quando o cara BEIJOU ela ele está NAMORANDO com ela? NÃO! “Eu BEIJEI você, não estou FICANDO com você, anta”. Isso já aconteceu comigo várias vezes, e olha que não sou um cara muito bem resolvido com mulheres: uma em 2008, em que eu fiquei com uma garota na quinta-feira, dia dos namorados, e na segunda eu fiquei com outra, o que rolou um quase barraco na escola, pois a da quinta tava achando que nós dois estávamos ficando, e que a outra tinha ido lá furar o olho dela; agora no começo do ano, uma amiga minha que eu só ficava de vez em quando, o que eu não deveria ter feito, pois ela era apaixonada por mim, e que depois descobriram que eu tinha ficado com outra, e uma amiga dela veio falar merda pra mim; e também essa 'outra' que acabei de dizer, que mesmo deixando BEM claro – já por experiência – que nós dois não estávamos ficando; só que o problema não era ela, e sim as pessoas da escola que chegavam em mim perguntando se éramos namorados, sendo que eu só beijei ela duas vezes (também).

Elas tem que entender: Ficar não é namorar e um beijo não é uma aliança de compromisso.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

dια 01 ▫ Vampiros

Todo mundo sabe que a onda da vez é a vampiragem. Com essa modinha de Crepúsculo, falar sobre vampiros se tornou algo mais que comum hoje em dia.

 Depois do primeiro filme ter sido lançado, a garotada foi toda ao cinema, uns dizendo que por ter lido o livro, outros dizem que pelo romance, outros já falam que é por causa do Robert Pattinson, mas na real, ninguém era fã dele quando fez o papel do Cedrico em Harry Potter And The Goblet Of Fire; e aposto que muitas dessas "fãs" nem lembravam/sabiam deste personagem antes de TwiLight.

Duvido que 10% das pessoas/garotas que lêem ou assistem esta saga sejam realmente fãs de vampiros.
Como uma amiga minha disse, “o vampirismo é mais conseqüência; o foco mesmo é o romantismo”.
PRA MIM, muitos não gostam por nenhum dos motivos citados acima, e só se dizem fãs por causa do modismo.

 Eu assisti os dois primeiros filmes e, na minha opinião, as cenas românticas e dramáticas são muitooo chatas e entediantes; tanto que eu só fui gostar mesmo do Lua Nova, por falar mais sobre vampiros, sua leis e blábláblá.

Nem adianta vir aqui dizer: “Ah, mais você queria o quê? É uma estória de uma garota que se apaixona. O livro é assim. Claro que ia ser um romance”.
Affe! Se quisessem passar somente isso nos filmes, nem teriam feito, pois acredito que eles queriam atingir um publico que gostasse da ficção da coisa, que DEVERIA ser o motivo, mas como eu disse, eu não sei o que leva a meninada a gostar tanto assim.

No fim das contas devem ser mesmo os galãs.


Antes disso tudo, eu já tinha lido um livro que me emprestaram; aquele lá, conhecido pra caramba... (pelo menos pra quem não viu vampiros pela primeira vez na vida em TwiLight): Drácula, de Bram Stoker. Ta, talvez eu esteja apelando, mas tem coisa mais legal do que descobrir o vampirismo lendo Drácula?! E depois de ter lido, ainda aluguei o filme, que apesar de chatinho e bizarro, é bem massa também, e conta com Keanu Reeves {Matrix, Constantine e O Dia em que a Terra Parou}, Winona Ryder {Edward Mãos de Tesoura e A Herança do Mr. Dids} e Gary Oldman {Sirius Black, HP 3, 4 e 5; Comissário Gordon, Batman Begins e The Dark Knight (O Cavaleiro das Trevas)} como protagonista: O Drácula x) – desculpem, é que tive que citar alguns filmes porque a geração atual não faz idéia de quem sejam estes atores :/.

Antes que comecem a pensar que sou um daqueles caras chatos que vivem do passado e não dão uma chance para as produções recentes, vou comentar algo que eu realmente estou gostando: The Vampire Diaries – que até citei aqui quando tinha começado à assistir.
Cara, é uma série realmente muito boa! Minha prima Gisele e meu primo/tio Daniel que me indicaram, e é algo tipo assim... muito foda!

Não queria fazer essa comparação, para depois não ser criticado, mas que seja!:
Cada episódio tem aquela coisa meio LOST, que quando acaba você já fica ansiosão para assistir o próximo. E como eu disse uma vez pra uma amiga minha, a série não se prende apenas em um assunto; rolam vários mistérios diferentes a cada novo episódio. Mas é claro que como todo seriado, a temporada tem um objetivo.
No começo lembra bastante Crepúsculo: Garoto bonitão chegando na escola de RayBan; as pirainhas todas voltadas ao sexyappeal dele; vampiros que não se alimentam de 'human blood'... Mas depois do terceiro episódio a coisa começa a ficar boa, e quando chega ao décimo que o bicho pega fogo.

Aproveitando o momento para dizer que o que da mais ênfase a tudo é o irmão malvado do protagonista Stefan, interpretado pelo ator Ian Somerhalder, que conseguiu construir um ser indescritível!: Damon Salvatore.

Esse é O personagem. Começa com umas aparições misteriosas, botando medo, e depois ao decorrer da série, vai se mostrando coração mole, mas sem perder a tenebrosidade, e nem o orgulho, que ainda sim o fez matar a maioria dos figurantes contratados.
Não tenho muito o que falar sobre, pois é algo que só vendo, e como não tenho o intelecto do Pedro Bial para conseguir descrever as coisas tão facilmente, apenas recomendo que você assista a série.


Agora, vamos acabar logo com o post:
Não resisti e acabei entrando na onda, e como bom admirador de vampirescagentices,
me tornei um vampiro:

'HUEAUHEHAHOEA eu adoro ser tosco *.*

E também disponível em GIF e Emoticon para seu MSN Messenger -q: