sábado, 5 de dezembro de 2009

dια 05 ▫ Grunge

Fim de semana, sem nada pra fazer... Vamos às compras! -q

  Sábado em casa, sem muitas opções, a não ser ficar no computador assistindo seriado. Resolvi aceitar o pedido da mamãe de sair pra São Vicente para pagar umas contas em uma loja. Claro que tudo comigo é na base da chantagem; aproveitei o momento para estorquir a velha. Disse que só iria se ela me comprasse duas camisas, e que "depois" eu pagava.

  Chegando lá no Shopping fui direto na C&A procurar a minha tão sonhada Camisa Grunge. Conhecida popularmente como Camisa de Flanela ou toscamente chamada de Camisa Xadrez.
  Quando me deparei com a arara de camisas de manga-comprida, tive uma decepção.
A camisa que eu tinha visto, xadrez, azul, perfeita e justamente bem vestida, não estava mais lá. Por um lado foi um pouco bom, porque no dia que vi ela pela primeira vez, o Joe também tinha se apaixonado, e daí meio que entrou em contradição pra ver quem ficaria com ela.
  No final das contas, levei uma com um tom... avermelhado... com... bege... e... cinza... ?
Óia, eu não sei dizer não! Mas ÓBVIO que não é nada chamativo e brega, porque modéstia à parte, eu tenho bom gosto e senso de moda – percebi isso hoje mesmo, quando fiquei reparando nas roupas que todo mundo estava usando; muitas delas horríveis e incombináveis.
  Quando vi ela no cabide, confesso que não gostei muito, mas levei para experimentar, porque “não se deve julgar um livro pela capa” – lembre-se disso quando ver o meu escondido na prateleira de alguma livraria. Depois de ter experimentado, fiquei gamado nela, e até descobri que meu número é 3! :S – lembre-se disso² quando for me dar algum presente.



  Podem falar que é camisa de festa junina, podem falar que sou brega, eu não ligo. O que importa é o espírito rock da coisa, saka? Eu posso ser um pouco eclético, mas os sangue que corre na minhas veias, é o mesmo sangue que corre nas dos rockeiros mais famosos desse planeta nomeado "Terra".
  Acho que essa minha aspiração começou quando vi um 'Top Top MTV - Bandas Grunge', quando a linda e maravilhosa Marina Person disse que “um sujeito grunge era definido por seu visual largado, camisa de flanela e cabelo ensebado”.
Logo percebi que ali estava uma forte indireta.
É tudo que sou, é tudo que quero ser; é a minha vida exposta na TV!

  Vou dar aqui um exemplo não confirmado, mas notável de um cara grunge, rock'n'roll total, que todo mundo aqui já deve saber :B que eu sou muito fã, Johnny Depp:

(Clique na imagem para ampliar)


  Bem, que viu a foto grande, percebeu que o cara é bem desleixado. E não quero ver aquelas DeppManíacas vindo aqui comentar gracinhas do tipo “Ah, não, seu idiota! O Johnny é lindo!”. Não to falando que ele é feio, claro que não, o cara é mó bonitão... quer dizer, mó style, né; pago um pau e tal... E ele ainda tem uma de flanela azul-escura! Muito foda.
  E um detalhe a acrescentar bem grunge, é que ele não usa a camisa uma vez e joga fora. Não, não, não! Essa aí da foto, por exemplo: em uns cinco anos ele já deve ter usado ela mais de mil vezes, fóra aparições publicas.



  Não vamos dizer também que o Johnny é um grunge assumido, ele tá mais que nem eu... um grunge sem hora; como naqueles dias que você sai de casa e pensa: “Porra, hoje eu vou sair de casa com essa roupa mermo e não nem aí. Fuck the system!”. Todo mundo gosta de se arrumar de vez em quando. Vamos definir o John como 8 ou 80:




  Agora chega de falar do Johnny Depp, porque além de pegar mal pro meu lado, a postagem já ta ficando muito extensa, e boa parte das poucas pessoas que leram, já pararam na parte que comecei a pedir presentes.

  Quer saber, já tá bom por aqui mesmo; aposto que acabou de abrir um sorriso em sua cara por o texto estar no fim... E já que extravasei hoje, já peço pra quem estiver lendo, que me dê de presente de Natal um novo All Star, para completar o visu GrungeStyle.
Estou muito revoltado com o preço que a Converse e as lojas de tênis estão passando...
Quando comprei meu primeiro All Star, em 2006, tava na faixa de R$ 48; agora, encontra-se até por R$ 80!
Por isso que o Brasil não vai pra frente...