terça-feira, 20 de julho de 2010

dια 20 ▫ Nathalie Fay

Much more than 'The Hangover Girl'.

 Dia 10 de junho de 2010, estava eu na Tricolor Foto e Vídeo sentado olhando para o computador, sem absolutamente nada para fazer, quando encontrei em uma gaveta de uma das mesas um filme: The Hangover (Se Beber, Não Case). Como todo mundo fala bem deste filme, decidi então colocá-lo no leitor de DVD do mesmo computador em que estava para assistir.
 Tudo estava lindo e maravilhoso (exceto eu), até o momento em que surgiu a melhor cena do filme: o checking in no Caesars Palace:



Nathalie Fay; a atendente Lisa; a mulher mais linda dessa pequena bola de água e terra com os dias contados que vocês meros seres humanos chamam de "Planeta".

Quando eu bati os olhos nela, meu coração pulsou tão fortemente quanto da última vez que havia pulsado tão forte antes. Sem dúvidas foi amor à primeira vista.
Ela me fisgou com todo esse seu charme e simpatia, com esse jeito meigo e que, eu posso apostar, não fazia parte do personagem.
-
Cada vez que eu tento falar algo, buscar belas palavras e montar frases bonitas, me distraio na profundeza de seu olhar divino – nesta foto aí de cima.
-
Nathalie, você com certeza não deve estar lendo isso, mas eu acho que eu te amo.
Sei que "amor" é algo muito forte para se dizer diante de uma coisa repentina,
mas ao mesmo tempo foi algo tão simples que causou uma grande mudança dentro de mim.


Por que o mundo é injusto?
Fui me apaixonar por uma gringa que fez um filme, mas nem é famosa.
Brasileiro é foda! Amor platônico por uma figurante é o extremo da tensite.

Já joguei no Google, mas não encontrei algo que me levasse até ela.
Nem Twitter, nem MySpace, nem WikiPédia, FaceBook... nada!
Mas eu sou brasileiro, e não desisto nunca! – infelizmente... "eu sou brasileiro" =/



© Cenas "The Hangover": 2009 Warner Bros. Entertainment Inc.
Montagem Nathalie Fay: Raul Izar. Imagens encontradas em sites de pesquisa.