quinta-feira, 4 de junho de 2009

dια 04 ▫ Pra você esta Poesia

Poesias saem em momentos de fúria, em que a sua cabeça está borbulhando em pensamentos.
Éh... foi pra você esta poesia ↓


Por um momento tentei te esquecer...
Mas quando lembro do seu olhar...
Que me conquistou com teus olhos castanhos.
Do seu sorriso que provoca o meu sorriso...
Da sua presença que desperta minha felicidade...
Do seu abraço que me esquenta...
Suas mãos... Ah, suas mãos!
Os beijos são saciáveis e perfeitos.

Adoro sentir sua falta. Amo estar ao teu lado.
Eu já não sei mais. Você me tira dos eixos. Confunde a minha cabeça.