sábado, 30 de novembro de 2013

dια 30 ▫ Narrativa TR #1

Vamos lá. Esta é uma narrativa em tempo real,
mas gostaria de dizer que estou com uma dor de cabeça desgraçada.

Meu sobrinho encheu o saco para trazê-lo numa festinha dá escola dele em Mongaguá e, aqui estou eu, rodeado de algumas crianças e o irmão de uma delas que fica se mostrando fazendo piruetas, deixando a molecada doida. Como criança é bicho besta.

E eu não consigo entender porque tem um cartaz desejando "Feliz Dia dos Professores" e outro "Das Crianças". Será que isso é preguiça ou simplesmente ainda não perceberam que já estamos praticamente em dezembro?!

sábado, 2 de novembro de 2013

dια 02 ▫ Única Inspiração

Não que eu ainda te ame, mas porque ver suas fotos sempre mexem comigo?

Original no Facebook Original no Twitter

Sei lá, é um sentimento tão à parte, esse que eu sinto por você. Tão único.
Algo que nunca senti por mais ninguém, e com certeza não irei.

Queria poder explicar em palavras, mas é inenarrável...

E, caralho, eu realmente não acredito que estou aqui fazendo de novo! Escrevendo sobre isso.
Parece que não tem fim! Só queria que tivesse tido um começo.

Original no Facebook Original no Twitter        Original no Facebook Original no Twitter

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

dια 14 ▫ Compromisso

Uma garota me questionou se na maior parte do tempo o que nós homens queríamos era apenas pegação sem compromisso.

Respondi à ela:
"O que a gente – eu – quer – quero – é alguém que valha a pena para ter um, compromisso.
Mas aí aparece uma vadia que paga de santinha, dizendo – chorando – que me ama, sendo que me traiu duas vezes?

Sei lá, toda garota que converso, a impressão que eu tenho é de que o mundo se perdeu. Que eu sou antiquado".

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

dια 18 ▫ O despertar de um gigante

    O que deveria ter sido apenas a reivindicação do aumento das passagens do transporte público da cidade de São Paulo, acabou se tornando o início de uma nova era no Brasil inteiro.

    Da impunidade, onde políticos fazem a festa, enchendo os cofres públicos e pessoais, com o dinheiro de impostos cobrados em meio às promessas de melhorias na saúde e educação, durante anos, porém, nunca passando do que foi dito: promessas. Esse é o nosso país. O "gigante" adormecido que, "pela própria natureza", acordou.

    Manifestações que se espalharam país adentro, cidade por cidade, uniram uma nação, que às ruas foi em busca do que lhes foi prometido, do que é seu por direito. Mostrando a seus governantes que não é leiga, cega, muito menos fraca.


    A nação despertou, mas foram nossos políticos que abriram os olhos. Viram que o Brasil não é deles, e sim do povo. E esse povo o quer da melhor forma.
Viram que juntos a mudança foi possível, e não hesitarão a ir atrás dela novamente.

No fim, não foi só pelos vinte centavos.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

dια 13 ▫ Depressão

A cada dia a mais, menos sei como é ser feliz, se é que um dia já soube.
Porque nunca pude responder o que é, a felicidade.
Principalmente agora.

Todas as noites sinto uma angústia, e antes de dormir eu choro.
Me olho no espelho, e me sinto patético.
Então mais lágrimas caem, com a pena que fico de mim mesmo.
E são tantas, pra quem nem liquido tem tomado mais...

Já não bebo, já não como, já não fôdo, saio, ando, vivo...
Não tenho mais vontade, razão...

E o que mais me consome nisso tudo, é apenas não saber o motivo.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

dια 09 ▫ TWD 02x03

“Não sei se quero viver.
Ou se preciso, ou...
Ou se é apenas um hábito”.

The Walking Dead 02x03

domingo, 8 de setembro de 2013

dια 08 ▫

Quem se dizia amar mais,
por fim, foi quem amou menos.

E quem se dizia quase não amar,
no final, foi quem mais amou.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

dια 05 ▫ Um dia de cada vez

Viver um dia de cada vez.
Sentir saudade, e não ter medo de chorar.

Um dia eu cheguei a pensar que
Sem alguém eu viveria mais feliz...


Não tenho mais razão pra continuar.
Levar adiante pra depois se arrepender?

Não quero me lembrar de você como alguém que me fez mal.
Teremos coisas boas pra contar. Mas hoje não vai dar pra ser.


Um Dia De Cada Vez - Interprete: Tihuana

terça-feira, 4 de junho de 2013

dια 04 ▫

"Foi besteira usar essa tática, dessa maneira assim dramática. (Eu tava nervoso).
O nosso amor era uma orquestra sinfônica, e o nosso beijo, uma bomba atômica".


Fico vendo suas fotos, e é difícil, porque já bate o arrependimento...
E dói... Dói ver o meu amor, e saber que não serei mais eu a cuidar dele. Ou a tentar.
Porque vontade eu tive, mas não fiz. Aliás, não fiz nada de bom.
Acho que não sirvo pra isso.

Eu queria tanto realizar todos os nossos planos...
Mas como você mesma disse, é impossível.

Não estou bem. Sinto a sua falta. E sentirei mais do que nunca nos próximos dias.
Mas a melhor maneira de consertar algo que começou errado, é fazendo a coisa certa.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

dια 03 ▫ Vivendo e Desaprendendo

Ilusão atrás de ilusão... Quando é que a gente aprende?

Pior é você ser uma pessoa preparada para todo esse tipo de merda,
e aparece alguém que insiste na sua mudança,
para você voltar a ser uma idiota que se importa,
só pra depois ir lá e te foder.

Original no Facebook Original no Twitter

domingo, 2 de junho de 2013

dια 02 ▫ 7 Ondinhas

6 meses depois, pensando bem, cheguei a conclusão de que meus anos nunca foram tão desgraçados como este!
E sabem por quê? Porque não pulei 7 ondinhas nos Reveillons anteriores!


Ou seja, pular 7 ondinhas não dá sorte, e sim azar! Muito azar!
E eu deveria ter percebido no momento em que molhei meu celular ao fazer isto...


Original no Facebook Original no Twitter

sexta-feira, 3 de maio de 2013

dια 03 ▫

Não sei como nem o porquê, mas me tornei aquilo que eu mais repugnava.
E não consigo controlar, porque eu simplesmente mudei.


Parece que foi ontem que eu era um garoto que agia corretamente, andava na linha.
Pensava nos outros antes de si próprio, não conseguia mentir, nem sustentar uma mentira.
Perdi meus princípios, meu caráter, e todos os dias me sinto um filho da puta de um hipócrita.
-
Mas não posso ficar me culpando... Foi você quem insistiu.
Você quem me quis. E eu te disse que não devia.

Sempre fugi de relacionamentos para não terminar fazendo merda.
Bem, eu não fiz, mas poderia muito bem ter feito. Em qualquer momento.
-
Ainda existe em mim vestígios de quem um dia fui... Sinto que sim.

Queria poder me resgatar, por você. Mas é impossível.
Talvez não seja aquela destinada a fazer isto.
Sinto muito.

quinta-feira, 2 de maio de 2013

dια 02 ▫

Durante este longo tempo que não posto nada significativo neste blog,
muita coisa mudou - como sempre.
Dentre elas, eu ter começado a namorar e, ter terminado o namoro. Hoje.
Bem, e minha namorada - atualmente, ex - sempre se queixou de que nunca postei nada aqui pra ela. E isso também me afligia. Mas enfim, aqui vai então:


Não tenho experiência para afirmar isto, mas com base no que vivi, deu pra perceber que relacionamentos não acabam bem. Nem que force isso.

Eu aqui fazendo o tipinho de quem está de "luto", por consideração e respeito, mas vejo que tudo isso é desnecessário, afinal de contas, você já está muito bem, não é mesmo?

Sei lá. Nunca quis namorar, e das únicas "duas vezes" que fiz isto, foi pra me foder.
Garotas farsantes, que tudo que sabem fazer é enganar. E continuam até mesmo depois do rompimento. Por quê? O que vocês ganham com isso?

Não preciso e nem vou mais ficar escondendo a real: ESTOU LIVRE.
Nunca me senti tão liberto em toda minha vida!
Sem compromissos, sem julgamentos, falsas demonstrações de ciúmes, frustração, amor e etc.
Sabe essa sensação de ter saído de uma ilusão que te consumia? É a que estou sentindo agora.


E, bem, já que não é possível responder o que ela me mandou antes de me bloquear, vou simplesmente desabafar aqui:

"É muito forte esse sentimento, e com certeza não vai passar de um dia pro outro".
Claro. Não demorou tudo isso.

"Você foi o melhor, e eu duvido muito que alguém possa tirar isso de você".
Aham, assim como os anteriores. Pff.
Não dou uma semana para esse "alguém" aparecer. Ou menos.

"Mas o que eu estou sentindo, é uma falta de ar, um aperto no peito, tão grande e intenso. Não para".
Claro. Sinceramente, alguém que - diz que - se sente assim deveria morrer de uma vez.

"Sei que um dia ficarei bem".
Nossa, que bom que esse dia foi o mesmo em que recebi esta mensagem! Fico realmente feliz por você! Já está pronta pra outra! E outros. ;)

"...ate quem sabe um dia você me procurar".
Aham. Claro. Melhor já encomendar um caixão de qualidade por uma agradável espera.


Tudo o que me resta agora é agradecer pelos - poucos - bons momentos e, parabenizar, por ter conseguido fingir todo esse tipo de merda por tanto tempo.

Então: Obrigado. Parabéns. Adeus.

domingo, 21 de abril de 2013

dια 21 ▫ "Como foi ontem pra você? (20/04)"

Ontem foi um dia muitooo bom!
Começou quando acordei as 08h da manhã, por aí, e precisei ligar o ventilador pra voltar a dormir. Então dormi até as 10h. Sonhei que estava voando e mijando numa mendiga.
Daí acordei, e logo em seguida o telefone tocou. Era a @Torrieri, convidando para ir para "Itaipava" (Itupeva haha) na casa da prima dela que estava fazendo aniversário.
Depois de bastante insistência, concordei em ir. Então tomei um banho, raspei os mamilos, me sequei e me vesti com a minha calça jeans skinny azul e a camiseta que meu pai trouxe pra mim da Bahia, escrito "Salvador", que gosto de dizer que é algo relacionado ao Superman - só os fortes entenderão.
Não conseguimos nos comunicar mais após isto, pois o telefone daqui de casa não tocou. Então pensei que não iria mais, daí não terminei de me arrumar.
Passou um tempo e ouvi buzinas no portão. Era o meu sogro. Corri lá fora e avisei que só ia pegar minhas coisas, o que foi mentira, pois ainda cortei as unhas dos pés, antes de colocar os sapatos, e enfiei a minha escova de dentes na mochila - porque não tive oportunidade de escová-los antes.
Avisei minha mãe as pressas que iria sair, sem nem mencionar onde; somente que iria voltar hoje, o que podia ter sido uma merda, pois na ida e na volta quase morremos na estrada - sim, duas vezes.
Então entrei no carro, cumprimentei a todos - cunhado, sogro, sogra -, e em especial, com um beijo na boca, a minha namorada .
Permanecemos grudados o caminho inteiro. Inclusive no posto de gasolina, onde ficamos secando as frentistas nafestas. Depois descemos num shopping em Barueri, e nos pegamos na Cacau Show. (?)
Muitas horas depois chegamos na casa da famosa prima, e a conheci, junto ao seu marido, sua mãe, e quase todo o resto da família. Pessoas bem bacanas! - em ambos os sentidos da palavra.
Tomamos banho de sol sentados na sombra (?)², comemos churrasco, bolo, sorvete, e bolo com sorvete. Antes disso, cantamos parabéns, e até requisitaram meus serviços como pseudo-fotógrafo.
Fomos para o quarto e tentamos baixar o novo episódio de The Vampire Diaries, que eu tinha esquecido de passar para o (deixar no) meu pendriver, mas a Internet tinha zicado - #LeiDeMurphyS2RauLIzar. Então o pai da @Torrieri a consertou. Ou não.
Depois fomos embora, e ficamos na boate em que ele trabalha, onde rolou um show do Bonde das Maravilhas - aquelas lá do tal "Quadradinho de 8" -, o qual me recusei a ir pois, é claro, não sabia do que se tratava - não iria perder aquelas bundas rebolando na minha cara, certo?
Nisso, ficamos em um quarto improvisado mexendo no notebook, ouvindo algumas músicas, assistindo alguns vídeos e, finalmente, The Vampire Diaries.
Por fim, acabamos a noite assim:



Original no Facebook Original no Twitter http://ask.fm/a/3j2o2ggi

terça-feira, 16 de abril de 2013

dια 16 ▫ Segredos

Os anos passam, e eu ainda espero não precisar mais cantar esta canção.



“Eu procuro um amor que ainda não encontrei, diferente de todos que amei.
Nos seus olhos, quero descobrir uma razão para viver,
e as feridas dessa vida, eu quero esquecer.
E eu vou tratá-la bem, para que ela não tenha medo
quando começar a conhecer os meus segredos.

Procuro um amor que seja bom pra mim.
Vou procurar. Eu vou até o fim”.

Original no Facebook Original no Facebook Original no Twitter

sábado, 2 de março de 2013

dια 02 ▫

Eu pensava que não existisse amor retribuído...
Daí eu conheci você.
Agora me pergunto qual dos dois fingem amar.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

dια 21 ▫

Quando você está com saudade e quer falar com um alguém,
Só que pára de agir com o coração, e começa pela razão, e perde essa vontade.
Ou tenta se convencer de que a perdeu.

Original no Facebook Original no Twitter

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

dια 19 ▫ Infeliz, Insatisfeito, Incorreto

O que está acontecendo comigo?...
Por que sou quem sou? Por que sou assim? Por que não sou quem deveria ser?
Original no Facebook Original no Twitter


Sei lá, as vezes me acho um completo imbecíl.
E as vezes acho que estou fazendo a coisa certa, não fazendo a coisa certa.
Original no Facebook Original no Twitter


Hipócrita, Bipolar;
Nunca satisfeito; Nunca feliz.
Original no Facebook Original no Twitter

domingo, 17 de fevereiro de 2013

dια 17 ▫ Desejo Vazio

Aquele momento em que você quer conversar com alguém,
Mas não está afim de papo com ninguém.

Deu pra entender?

Original no Facebook Original no Twitter

sábado, 19 de janeiro de 2013

dια 19 ▫ Errado ou Certo Demais

Houve um momento bastante crucial em minha vida,
qual me fazer perceber que sou um ser incapaz de ter sentimentos; gostar das pessoas.

Tinha acabado de terminar um relacionamento,
e não muito tempo depois, da janela, vi minha ex-namorada beijando outro cara.
E simplesmente observei, sem sentir absolutamente nada.

Será que eu sou errado? Ou certo demais?

Original no Facebook Original no Twitter

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

dια 02 ▫

Ver pessoas... E sentir, coisas do passado...
Pessoas que nem sequer merecem tais sentimentos.

Original no Facebook Original no Twitter