terça-feira, 4 de junho de 2013

dια 04 ▫

"Foi besteira usar essa tática, dessa maneira assim dramática. (Eu tava nervoso).
O nosso amor era uma orquestra sinfônica, e o nosso beijo, uma bomba atômica".


Fico vendo suas fotos, e é difícil, porque já bate o arrependimento...
E dói... Dói ver o meu amor, e saber que não serei mais eu a cuidar dele. Ou a tentar.
Porque vontade eu tive, mas não fiz. Aliás, não fiz nada de bom.
Acho que não sirvo pra isso.

Eu queria tanto realizar todos os nossos planos...
Mas como você mesma disse, é impossível.

Não estou bem. Sinto a sua falta. E sentirei mais do que nunca nos próximos dias.
Mas a melhor maneira de consertar algo que começou errado, é fazendo a coisa certa.