sexta-feira, 12 de setembro de 2008

dια 12 ▫ Passeio na Motoca

  Hoje é o aniversário da Natálinha, liguei pra ela para dar os parabéns – Que nem eu havia prometido –, só não esperava que fosse ficar 4 horas com ela no telefone, falamos de assuntos tão variados, desde as eleições americanas à queda da economia HAEihAEIHOiohea. Falar em queda na economia, nem quero ver a conta de telefone uhashuaush. Bocejei bastante, dificilmente desliguei o telefone e fui dormir, às 04h.



  Estava de manhã, quando derrepente algo abre a porta do meu quarto e puxa meu cobertor. Era meu tio me acordando, tão cedo, eram só 10:30! Caralho, tava tão bom o sono, os sonhos... (6) Então, depois de ter feito um comentário do tipo "Nossa, que perna peluda é essa?", minha mãe responder "É, tem mais pelos que o pai dele" e eu, em pensamentos... "Pronto, acho que isso é herança da mãe deles".

  Não deu tempo nem de me espreguiçar e meu tio já foi me chamando pra ir na casa dele para arrumar o computador. Dei uma passada antes no Supermercado São José, só havia um moleque na minha frente, uma demora dos inferno, ele começou a pedir mortadela, presunto, queijo, salame... No balcão tinha uma atendente, só que a retardada olhava pra minha cara e não me atendia, porra meu, quê que aquela trouxa estava fazendo ali se ela não trabalha?! Cacete! Tempos depois peguei o santo pão e saí fora. Coloquei um capacete e subi na moto do meu tio, a lambreta, saiu no maior pau. Chegando na marginal ele começou a correr e voar pelas lombadas, tomei um susto quando vi ele tentando ultrapassar um carro pela direita, eu olhei, parei meu cérebro naquele momento e pensei "Ele não vai fazer isso!", quando olhei pro lado só vi a janela direita do veiculo branco ao meu lado... – DIACHO! ELE TEM CARTEIRA DE HABILITAÇÃO? – Na hora fiquei no cagaço de o carro dar uma fechada em nossas pessoas... Já estava ficando acostumado quando ele fez isso mais 3 vezes durante o trajeto ^^! Eu já estava na expectativa de que ele não tentasse mais repetir aquilo, mas não contente ele tentou se meter no lado direito de um ônibus, mas só parou quando o ônibus deu uma freada em nossa frente, por sorte os reflexos do veinho ainda eram bons, parou a moto junto com o ônibus, se eu não estivesse me segurando na moto, eu estaria com a cabeça dentro do escapamento do ônibus. Segundos depois de tal fato, meu tio olha pra trás, com aquele sorriso amarelo: "Hehe" e eu com aquela cara de espanto: "Eh... ainda não foi dessa vez". Depois de o ônibus ter ficado para trás, me senti em uma arrancada, começou a correr pela avenida, 80kmph, ultrapassando vários carros, pelo lado esquerdo... chegamos em nosso tão esperado destino!

  Enquanto eu arrumava o computador, ele trazia uma bandeija com 5 lanches O_O e dois copos de suco. Arrumei a bagaceira e liguei o computador, testei a net e entrei no msn. Fiquei enchendo o saco da Natália no msn, os dois ligaram a cam e ficamos de palhaçada huashasa, interessante como ela consegue atender o telefone, segurar com o ombro e usar as duas mãos para outras coisas (6), acho que só eu não consigo executar tal ato.


Finalmente em casa! Agora me da licença que estou indo no banheiro passar um fax para New Jersey.