quinta-feira, 28 de maio de 2009

dια 28 ▫ Irreversível

A vida me sorri então, recolho os cacos que deixei no chão
Milhares de recordações transformam tudo em canções...
E essa daqui é pra você:

Se eu pudesse desfazer tudo de errado entre nós...
E apagar cada lembrança sua que ainda existe em mim...


Eu sei que nada que eu diga vai trazer o longe pra mais perto de mim dessa vez
Por que gostar de alguém vai ser sempre assim... irreversível?


A vida ri de mim então, percebo o quanto é triste te esperar em vão
Mas acho forças pra cantar, quem sabe você possa me escutar?
Eu só queria te dizer:

Se eu pudesse desfazer tudo de errado entre nós...
E apagar cada lembrança sua que ainda existe em mim...


Eu sei que nada que eu diga vai trazer o longe pra mais perto de mim dessa vez
Por que gostar de alguém vai ser sempre assim... irreversível?


A cada passo que eu dou pra frente, eu sinto o meu corpo indo pra trás
E a cada hora que vivo sem sentido, parece me fazer te querer cada vez mais


Eu trago em mim apenas um sorriso; braços abertos pra te receber
Mas acabo sempre triste e sozinho, procurando uma maneira de entender
Se é irreversível para mim, então é irreversível pra você
Se tudo tem que ser assim... ENTÃO DEIXA SER!


Irreversível - Interprete: CPM 22 - Composição: Ricardo Japinha e Rodrigo Koala