quarta-feira, 19 de setembro de 2012

dια 19 ▫ Ciclo sem fim?

Então, mais uma vez, nos reaproximamos.

Isto não deveria acontecer. Mas sempre acontece. Como um ciclo.
Um ciclo sem fim? Veremos.

Não posso deixar com que aconteça...

Sabe, queria te ter, comigo.
Mas parece que quanto mais eu tento, mais eu te afasto.

Porque quando demostro o que sinto, você não acredita.
Então decidi parar de demonstrar, o que te dá certeza de que nada sinto.

Mas sinto. E como sinto.
Porém tenho duvidas, do que sinto. Se não é mais algum tipo de ilusão.
De fato uma dúvida, porque já te conheço faz certo tempo.

Você é totalmente errada! Você não combina comigo!
Você vive no seu mundinho classe média, onde não me encaixo.

Eu nem se quer te conheço! Eu mal lembro da sua voz!
Eu não sei como é o seu toque, o seu cheiro, o seu halito, o sabor de seus lábios!

Mas você voltou - Ou eu te trouxe de volta.
Igual em todas as outras vezes. Sem fundamentos; sem propósitos.


Não queria ter que te afastar,
mas ao mesmo tempo não consigo, mantê-la por perto.
E se sei o que você quer, sei que não é, estar perto.

Então melhor ir embora, agora.
Apenas antecipe o final, que já sabemos qual.